Posts

Girl from rio - anitta lançamento audiency

Anitta “Girl from Rio” – Uma análise do marketing musical

Mariana Munis, professora de Marketing da Universidade Presbiteriana Mackenzie Campinas, fez uma análise do novo lançamento de Anitta – Girl from Rio, sob o ótima do marketing. Quer entender qual a estratégia da artista para o novo lançamento e, quem sabe, utilizar para decolar sua carreira?

Boa leitura!

*******

Acabei de assistir ao novo clipe de Anitta e estou profundamente tocada, estarrecida. Creio que este foi seu clipe mais autoral, refinado, com a cara da cantora. Enquanto escrevo essa matéria, Anitta está no top 1 dos vídeos mais assistidos no Youtube. Porém, como professora de Marketing, aproveito para verificar algumas de suas estratégias de marketing e comunicação ao clipe e lançamento da música, as quais quero compartilhar com vocês:

Estratégias de marketing “Girl from Rio”

Há um tempo, noto que a artista quer se posicionar como uma diva pop brasileira, sem perder suas origens. O clipe é um produto que reforça essa imagem: Girl from Rio moderniza a música “Garota de Ipanema”, misturando bossa nova, com algumas batidas de funk, pop e hip hop, novamente reforçando o passado, origens, com o momento presente da cantora.

Além da produção de um clipe impecável, Anitta aproveitou para fazer uma excelente comunicação antes da estreia, de modo a gerar curiosidade em toda sua audiência (chamamos essa comunicação prévia de teaser).

Notou-se um forte trabalho de marketing digital, mostrando, num primeiro momento de divulgação, fotos de pessoas de diferentes classes, gêneros, famosas ou anônimas, em seu Instagram, compondo a estética vintage de parte do clipe (fotos em preto e branco). Depois disso, Anitta lançou um “pôster” do clipe nos stories do Instagram, o qual está de biquini na frente de um ônibus, onde muitas pessoas fizeram montagens, brincando com as palavras “Girl from Rio”, forçando seu público a voltar também as suas origens.

Depois, a cantora começou a mesclar fotos de uma Anitta dos anos 60, com uma Anitta da atualidade.

Além do mais, Anitta também trabalhou com kit para celebridades, famosos e influencers, os quais mostraram os elementos de marca do clipe, ganhando mimos da marca parceira do clipe, Colcci. Forte trabalho cruzando o on-line e o off-line, com sua assessoria de imprensa, e usando as redes dos famosos para divulgar seu lançamento.

Além de ter um clipe com storytelling contruído com narrativa muito poderosa e estética impecável, Anitta e o diretor criativo do clipe, Giovanni Bianco, conseguiram trazer algumas tendências de mercado para dentro da produção, as quais são:

Regionalismo:

Ao enaltecer suas origens, Anitta mostra, sem ser caricata, as belezas de um Rio de Janeiro cheio de contrastes e diversidades – Do piscinão de Ramos (Girl from Rio), a nostálgica Ipanema/Copacabana (Girl from Ipanema). Além do mais, o clipe mostra alguns elementos da cultura carioca: o churrasquinho; a “farofa” na praia, ao comer milho, e sua mãe, uma “quentinha”; descolorir os pelos do corpo e o biquini feito de fita, para ficar com a marca de sol mais forte; chegar de busão na praia com o cooler lotado, saindo pela janela; jogar bola na praia, fazer exercícios e enaltecer o corpo bronzeado; o flerte e a sensualidade carioca. Ela desmitifica o Glamour da música “Garota de Ipanema”, da bossa nova, na parte vintage do clipe, e a moderniza, mostrando a realidade do carioca e suas origens;

Body Positive (movimento Corpo Livre):

a cantora faz questão de trazer em seu clipe pessoas que de fato retratam a realidade do Rio de Janeiro, enaltecendo os corpos reais e livres, os diferentes tipos de beleza, de pessoas pretas, pardas e brancas, de diversas classes e gêneros, que vivem numa cidade cheia de contrastes.

Vulnerabilidade (gente como a gente):

Anitta não tem medo de mostrar suas celulites, sua família composta por pais separados, um irmão que apareceu depois de anos e fala também na letra da música sobre Honório Gurgel, subúrbio onde cresceu. Essas são as suas bases, suas raízes. Embora sua família não seja convencional, ou tradicional, Anitta os ama. Além do mais, a cantora mostra aos brasileiros que é possível chegar à fama, com muito esforço, consistência e estratégia. Quer dados para fazer uma gestão ainda mais eficiente na jornada rumo ao sucesso? Então cadastre sua música gratuitamente e saiba onde ela está tocando nas rádios do Brasil.

Feminismo (lugar de mulher é como e onde ela quiser):

Anitta mostra a força da mulher carioca, que não tem medo de ser quem é, de vestir o que quiser, sendo dona de seu corpo e de sua sexualidade.

Resgate ao passado:

é uma tendência trabalhar com estética vintage e de nostalgia. O clipe mostra um Rio de Janeiro Glamouroso da Década de 60 (momento que surge a música Garota de Ipanema), com tons pastéis, e ao mesmo tempo, faz contrastes com a atualidade, cheia de estampas e colorida, mostrando seus diferentes cartões postais;

O uso da Neurociência:

trabalhar com a curiosidade é um prato cheio ao cérebro, pois ele ama coisas que tenham começo, meio e fim. O Brasil inteiro estava curioso para saber como seria esse lançamento. Além do mais, a cantora consegue trabalhar com outra métrica de neurociência: o contraste, entre as cores pasteis e o glamour do passado, e o colorido e estampado, trazendo um Rio de Janeiro diverso do presente.

O clipe é lindo e inspirador, mostrando que, embora o povo carioca viva com tanta desigualdade e violência, consegue ser feliz e se divertir, e que mesmo com todas as mazelas, a cantora conseguiu chegar aonde chegou, sem renunciar suas raízes.

Após esse clipe, entendi o real significado de uma frase sempre dita pela cantora e administradora: “o impossível não existe”. Vai lá, Anitta, o mundo é seu.

Mariana Munis

É professora de Marketing da Universidade Presbiteriana Mackenzie Campinas.

Sobre a Universidade Presbiteriana Mackenzie
A Universidade Presbiteriana Mackenzie está na 103º posição entre as melhores instituições de ensino da América Latina, segundo a pesquisa QS Quacquarelli Symonds University Rankings, uma organização internacional de pesquisa educacional, que avalia o desempenho de instituições de ensino médio, superior e pós-graduação. Possui três campi no estado de São Paulo, em Higienópolis, Alphaville e Campinas. Os cursos oferecidos pelo Mackenzie contemplam Graduação, Pós-Graduação Mestrado e Doutorado, Pós-Graduação Especialização, Extensão, EaD, Cursos In Company e Centro de Línguas Estrangeiras.
Em 2021, serão comemorados os 150 anos da instituição no Brasil. Ao longo deste período, a instituição manteve-se fiel aos valores confessionais vinculados à sua origem na Igreja Presbiteriana do Brasil.

Siga nossas redes sociais Instagram | Facebook | Linkedin | Youtube | Twitter

Confira o que é sucesso hoje nas rádios do Brasil. Para mais opções de filtros clique na logo abaixo e acesse o charts.

Audiency Anitta

Anitta no topo das mais tocadas do Gênero Internacional

Do “Show das Poderosas” para o mundo!

Certamente você já ouviu “Me Gusta”, da Anitta, nas rádios do Brasil, mas sabe quem está por trás da criação desse super hit que está ganhando o mundo? Os compositores são: Anitta, Andrés Torres, Mauricio Rengifo, Ryan Tedder, Cardi B, Benito Garcia, Carolina Isabel, Michael Monge, RDD e Chibatinha.

A composição “Me gusta”, Feat. Cardi B & Myke Towers, lançada em setembro de 2020, é o grande destaque do Chart Musical da Audiency, no gênero internacional com 4.378 execuções nas rádios FM do país, em horário comercial, das 07h às 19h, no período de 18 a 24 de janeiro.

Anitta conquistou seu espaço na música brasileira, surgindo do funk carioca, a cantora levou suas raízes para, literalmente, o mundo todo, indo muito mais além do que o mercado do Brasil, onde já tem seu público cativo.

A cantora iniciou o ano de 2021 com o pé direito, com sua carreira internacional a todo vapor. Para ter uma ideia da dimensão do alcance dessa musa brasileira, no dia 31/12, a cantora se tornou a primeira brasileira a se apresentar no tradicional Ano Novo da Times Square, em Nova York. Uouuuuuu!

Além disso, neste ano, Anitta tem na sua programação o lançamento do álbum “Girl From Rio”, totalmente em inglês e espanhol, sinal que teremos novos hits da cantora no gênero internacional. Isso que é foco em alavancar a carreira internacional.

O sucesso é tanto que a cantora e compositora foi eleita pela Vogue como uma das 100 pessoas mais influentes e criativas do mundo. Conheça um pouco da história dessa diva da música brasileira e agora, internacional!

Anitta – Uma trajetória de sucesso

Larissa de Macedo Machado mais conhecida pelo seu nome artístico Anitta, é uma cantora, compositora, atriz, dançarina ,empresária e apresentadora de televisão brasileira.

O nome artístico Anitta foi inspirado na minissérie Presença de Anita, da Rede Globo. Larissa se identificava com a personagem principal e, por isso, adotou o apelido.

Em 2010, Renato Azevedo, o então produtor da gravadora independente Furacão 2000, a chamou para assinar contrato com o selo. Devido ao sucesso da canção “Meiga e Abusada” em 2012, assinou um contrato com a gravadora Warner Music Brasil no ano seguinte. Com a música “Show das Poderosas”, ficou em evidência e estourou nas paradas de sucesso. Seu primeiro álbum de estúdio, Anitta, foi lançado em julho do mesmo ano.

“Ritmo Perfeito”, seu segundo álbum de estúdio, foi lançado em 4 de junho de 2014. No mesmo dia foi lançado o primeiro álbum ao vivo, Meu Lugar, que estreou em primeiro lugar no iTunes Brasil, permanecendo no topo por uma semana. Em 2015, lançou seu terceiro álbum, intitulado “Bang!”, que foi certificado com disco de platina e gerou quatro singles. Em 2013, Anitta foi a cantora que se manteve por mais tempo no topo do iTunes Brasil, sendo eleita a “Artista do Ano” pela empresa.

A artista também foi eleita pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) como a “Revelação do Ano” na música. Em 2015, ela ganhou o prêmio MTV EMA Worldwide Act Latin America, sendo a primeira artista brasileira a vencer a premiação. Em 2020, lançou o single “Me Gusta” com a cantora norte-americana Cardi B e Mike Towers, e com esse hit segue nas paradas de sucesso, conquistando o 1º lugar no Charts Musical da Audiency, a mais completa plataforma de streaming de dados de emissoras de rádio da América Latina.

Agora que você já conhece a primeira posição do ranking das mais tocadas nas emissoras de rádios FM, conheça o TOP 05!

2ª Posição: “Watermelon Sugar” – Harry Styles – 3940 execuções.
Compositores: Tyler Johnson + Harry Styles + Mitch Rowland + Thomas Hull.

3ª Posição: “Don’t Start Now” – Dua Lipa – 3679 execuções.
Compositores: Emily Warren + Ian Kirkpatrick + Caroline Ailin + Dua Lipa.

4ª Posição: “Dance Monkey” – Tones and I – 3231 execuções.
Compositores: Toni Watson.

5ª Posição: “Head & Heart” – Joel Corry – 3196 execuções.
Compositores: Joel Corry + MNEK + Dan Dare + John Courtidis + Leo Kalyan + Lewis Thompson + Neave Applebaum + Robert Michael Nelson Harvey.

Como conhecer os artistas mais tocados do Brasil


Na Audiency, o monitoramento de rádio acontece em tempo real. Na completa plataforma é possível emitir relatórios de execuções com filtros de região, Estados, cidades, emissoras ou praças cadastradas, além do acompanhamento, no mapa interativo, de quando a música é tocada em uma emissora.

O ranking internacional da Audiency é baseado no número de plays de músicas estrangeiras (músicas que não são em português) em mais de 7 mil rádios do Brasil e América Latina.

A Audiency é expert quando o assunto e transformar dados em resultados. Com as soluções é possível ranquear os artistas e fornecer dados sobre o comportamento de suas músicas. Além de oferecer ferramentas exclusivas para os compositores, permitindo divulgar o trabalho e conquistar visibilidade no mercado musical.

Viva essa nova experiência, venha para a Audiency e faça a diferença no mercado. Comece com um teste grátis. Envie sua música para cadastro e veja as possibilidades que essa fantástica plataforma oferece para que você turbinar sua carreira.

Acompanhe também a empresa nas redes sociais
Instagram | Facebook | Youtube | Linkedin

gênero musical funk

Gênero musical Funk

Você acha que o funk é uma simples batida com letras repetidas e que buscam falar somente sobre festas e ostentação? Se a sua resposta for sim, o golpe está aí e cai quem quer! A resposta correta é NÃO.

O Projeto de Lei 4124/08 reconhece o gênero musical funk como manifestação cultural popular digna do cuidado e proteção do Poder Público. O texto assegura aos artistas do funk o respeito aos seus direitos, e ao movimento funk a livre realização de suas atividades e de manifestações como festas, bailes e reuniões.

O funk, assim como outros gêneros musicais que falamos aqui deve ser valorizado! Ele está presente na programação de inúmeras rádios brasileiras, inclusive de acordo com uma pesquisa realizada pelo jornal Folha de S. Paulo em 2020 mostrou que entre as 200 músicas mais ouvidas do Spotify em 51 países, o funk é um dos gêneros musicais brasileiro mais ouvido fora do Brasil, acumulando 2.487.227.714 streams.

E falando em âmbito internacional, sabia que o funk não nasceu no Brasil? Ele nem sempre foi como conhecemos.

Quer saber como ele se tornou o que é hoje? Qual o artista está nas paradas de sucesso das emissoras de rádio do país e conhecer os compositores por trás da criação dos hits? Então continue a leitura!

A trajetória do funk

Surgiu no sul dos Estados Unidos nos anos 60, com uma combinação entre os estilos R&B, jazz e soul. Criado por artistas como James Brown, Maceo e Melvin Parker, o funk era um ritmo que já contagiava as baladas em subúrbios norte-americanos.

Certamente você já ouviu a música “Sex Machine” do cantor James Brown!

https://www.youtube.com/watch?v=1UzZUfFUnxY

Assim como outros ritmos o funk também tem suas ramificações! Nos anos surgiu o “P-Funk”. O subgênero apresenta batidas mais pesadas e influências da música psicodélica. Uma das bandas precursoras é a Parliament, de George Clinton.

Parliament, de George Clinton

O derivado do funk mais presente no Brasil é o funk carioca. Na verdade, essa alteração surgiu nos anos 80 e foi influenciada por um novo ritmo, o Miami Bass.

No ano de 1989, o gênero musical funk se popularizou no Brasil. Você sabia que um dos precursores do funk no país é o DJ, compositor e empresário brasileiro Malboro? Também conhecido como o rei do pancadão! O DJ quebrou barreiras ao viralizar o funk nacional no mercado musical brasileiro com o lançamento do Vinil Funk Brasil.

Nos anos 90 surge o Funk melody, com letras mais conscientes, falando sobre o cotidiano nas periferias, das dificuldades que os moradores passavam como a discriminação racial e social vista em todos os lugares, praças, shopping, praias, cinemas, teatro, estádio de futebol. As letras falavam ainda das revistas policiais que os jovens moradores de favelas passavam em público, além de temas relacionados ao amor.  Grandes artistas, hoje consolidados, surgiram, por exemplo Cidinho & Doca com a música, “Mas eu só quero é ser feliz!”

É batidão e músicas de sucesso que vocês querem? Nos anos 2000 o que era restrito aos bailes e periferias ganha espaço nas rádios e o Funk se populariza no país.

Músicas que faziam descer até o chão como “Cerol na mão” e “Tchutchuca”, do Bonde do Tigrão viraram sucesso nas emissoras de rádio rádios. Saiba que o grupo vendeu mais de 250 mil cópias no Brasil!

O funk brasileiro já é consolidado e conhecido internacionalmente, um ritmo que abriu e abre portas para novos talentos, nomes como Tati Quebra Barraco, Anitta, Ludmilla, MC Kevin o Chris, MC Sapão, Pedro Sampaio, Nego do Borel, MC Kekel e muitos outros já estão guardados na memória da música nacional.

É importante ressaltar que o funk brasileiro surgiu como uma variante do soul, mas hoje, ele já possui suas próprias vertentes! Funk carioca, Funk consciente, Funk pop e o Funk “proibidão”. Todas com letras com algum significado e mensagem a passar! Assim como já dizia Mc Daleste, “Quem gosta, gosta, quem não gosta, não conhece e o resto é moda”.

Mas e você sabe quem está por trás da criação dos hits de sucesso desse gênero musical?

Ser compositor é coisa séria

Compor uma música é arte e existe em todos os gêneros músicas, incluindo o funk. Porém, os compositores de funk ainda não são muito valorizados e às vezes desconhecidos para o público. Claro que, existem compositores que também são intérpretes e assim conseguem estar na mídia e ter reconhecimento.

Como falamos, compor é uma arte, mas por vezes o reconhecimento não vem! Há duas formas de receber quando você trabalhar compondo: na hora de vender a música e toda vez que ela for executada de forma pública.

É importante ressaltar que há uma Lei federal que protege os interesses dos compositores, a chamada Lei de Direitos Autorais – Lei 9610/98, onde também consta que, além de citar os cantores devem ser citados de igual forma os compositores.

O funk está cada vez mais profissional, com pessoas gabaritadas fazendo parte da cultura, aos poucos, todos os envolvidos vão ganhando o devido conhecimento, e os compositores, sem dúvidas, estão no topo dessa lista. Mas é importante o compositor estar sempre ligado às novidades, ferramentas e tendências do mercado. E, é neste momento que a Audiency entra em cena!

TOP 10 Funk na Audiency

O funk além dos bailes, toca nas emissoras de rádio e chegou o momento de conferir o TOP 10 das músicas desse gênero musical nas emissoras de rádio do país e também conhecer seus compositores.

O filtro aplicado foi: rádios (AM, FM, Comunitária e Web), no gênero funk, no país Brasil, na data de 04/01/2021 a 10/01/2021. O resultado nos mostra: Mila + Menor Nico + Petter Ferraz em 1º lugar com a música “Amor ou o Litrão”. Sendo os compositores MC EZ e Menor Nico.

Diz aí, curtiu? Além deste super hit, figuram no Top 10 do Chart Audiency – Gênero Funk:

2º Lugar – Desce Pro Play – MC Zaac + Anitta + Tyga.

Compositores: Arthur Marques, Bibi, Gorky, Maffalda, Mc Zaac, Pablo Bispo, Tyga e Zebu.

3º Lugar – Vai Ter Que Aguentar – Mc Don Juan+ Maiara e Maraisa.

Compositores: Lucas Medeiros e Diego Barão.

4º Lugar – Rainha da Favela – Ludmilla

Compositores: Cabrera, Ludmilla e Pablo Fierro.

5º Lugar – Modo Turbo – Luísa Sonza + Pabllo Vittar + Anitta.

Compositores: Arthur Marques, Rafinha RSQ, Luísa Sonza e Diego Timbo

6º Lugar – Sentadão – Pedro Sampaio + Felipe Original + JS o Mão de Ouro.

Compositores: Pablo Bispo, Ruxell, Felipe Original, JS O Mão de Ouro, Pedro Sampaio e Novo.

7º Lugar – Salvou Meu Dia – Kevinho+ Gusttavo Lima.

Compositores: Filipe Escandurras, Gusttavo Lima, Shylton, Marcos Breno e MC Kevinho.

8º Lugar – Invocada – Ludmilla + Léo Santana.

Compositores: Ludmila, Jefferson Junior e Umberto Tavares.

9º Lugar – Você Partiu Meu Coração – Nego do Borel + Anitta + Wesley Safadão.

Compositores: Jefferson Junior, Umberto Tavares e Romeu R3.

10º Lugar – Quem Tem O Dom – Jerry Smith+ Wesley Safadão.

Compositores: Benício Neto, Vine Show e Jenner Melo.

A Audiency é muito mais que uma ferramenta de monitoramento, é uma plataforma com a mais avançada tecnologia e a maior captura e processamento de dados do setor musical.

Como você pode ver na imagem acima a Audiency é a mais completa plataforma! Possibilita analisar plays em rádios AM, FM, web e comunitárias, apresentando dados em tempo real, através de diferentes gráficos e relatórios, personalizados conforme a sua necessidade.

A disseminação da música em diferentes estados, pode ser analisada, através no mapa de calor disponibilizado no dashboard inicial da ferramenta, onde também estão disponíveis diferentes filtros de análises.

Você quer uma solução nova e EXCLUSIVA? Nós temos! A Audiency é a única plataforma que disponibiliza um Top Charts com Compositores. Pensada para colocar os criadores das músicas em destaque, proporcionando que este público também possa obter dados estratégicos para fazer sua carreira crescer.

Esta é a tela do filtro para compositores, é possível fazer uma análise por gênero, tipos de rádio e área territorial! Nele você consegue visualizar a quantidade de plays da sua música nas emissoras de rádio.

Aqui na Audiency você é ouvido! Esqueça tudo o que você já conheceu antes e foque no novo! Estamos em constante evolução para te entregar soluções de ponta com uma base de dados estável e confiável.

A Audiency é a única plataforma que permite que você faça um teste gratuito com a sua música! Envie a sua música agora mesmo para cadastro e faça uma análise de onde ela está tocando.