Posts

Gestão de campanhas no rádio de forma facilitada

Gestão de campanhas publicitárias no rádio de forma facilitada

Hoje vamos falar de gestão de campanhas publicitárias no rádio. Se você é anunciante do meio ou quer obter informações sobre o retorno que este fantástico canal trás para as empresas, então siga a leitura, pois este artigo é pra você.

Muitas coisas estão sendo ditas a respeito da publicidade e seu retorno. O conteúdo sempre está atrelado ao modo e ao canal escolhido para fazer os anúncios.

É sempre oportuno reforçar o valor do rádio como canal efetivo para veiculação das campanhas publicitárias. Com o passar do tempo, o que se dizia era que o rádio iria desaparecer com o advento da internet, cedendo seu espaço para outras modalidades (mídias digitais, por exemplo).

Isso não virou verdade. O rádio continua muito forte, ocupa uma fatia significativa do bolo publicitário e, pela modernização deve aumentar sua participação nesse rateio.

Investimento em emissoras de rádios

Outra constatação sobre isso é que a relação custo X benefício cada vez oferece mais vantagens para o investimento em emissoras de rádios, inclusive com uma capilaridade que nenhum outro veículo tem. Portanto, o rádio chega em todos os lugares, inclusive nos mais distantes e remotos, em relação aos grandes centros consumidores.

Mas o que está em foco aqui não é apenas esse reforço sobre o valor do rádio, que já é um bom enfoque. O que queremos destacar neste conteúdo é que, embora o rádio seja um extraordinário fator de sucesso das campanhas publicitárias, em especial àquelas que passam por ele, ainda assim, precisa ter algo mais.

O que queremos dizer sobre isso é que, usar o rádio como canal é apenas a primeira decisão acertada. Fazer a gestão completa e cuidar do investimento requer controle e ação.

A Audiency faz exatamente esse complemento das campanhas publicitárias veiculadas em emissoras de rádios de todo o Brasil e mais dezoito países.

Passo a passo da gestão de campanhas no rádio

Vamos por etapas. Primeiro, a Audiency tem um robusto banco de dados sobre as quase sete mil emissoras monitoradas em tempo real, 24horas por dia, sete dias por semana.

Segundo, tudo está ao alcance do usuário que acessa com login e senha, sem precisar baixar nenhum software, basta abrir a tela e escolher o relatório acompanhado dos gráficos analíticos.

É uma verdadeira logística das campanhas publicitárias que veiculam no rádio. Confira os cases, por exemplo, de uma rede de supermercados e uma cooperativa de crédito. Em ambas, o monitoramento é uma das etapas para uma publicidade efetiva.

Controle completo sobre o investimento no rádio

E sobre o monitoramento na íntegra das campanhas, o que temos de valioso é a possibilidade de fazer o controle completo sobre o investimento, evitando eventuais discrepâncias entre o que foi programado/comprado e o que realmente aconteceu no período, ou seja, durante a campanha (no dia-a-dia) e no final da campanha, com o fechamento.

O novo sistema da plataforma Audiency resolve essa dor dos anunciantes no rádio, ajudando inclusive a própria rádio em sua logística. Tudo fácil e intuitivo. Costuma-se dizer que a Audiency é umas das interfaces digitais do rádio.

Não basta anunciar, é preciso monitorar e usar os dados como insumos para a definição da estratégia de cobertura e elevação da taxa de conversão de leads de cada campanha.

Portanto, monitorar as campanhas não é a estratégia, mas sim um poderoso e necessário elemento para a definição e medição do sucesso.

Gestão de campanhas: resultados quantitativos e qualitativos

Em primeiro plano, quantitativamente o sistema da Audiency propicia a plenitude das veiculações contratadas. Aqui já se obtém o retorno do investimento (ROI),  pois o custo da plataforma se dilui e desaparece com as entregas de valor que propicia. Para isso, conta com a tecnologia mais avançada e já desenvolvida. Sistema intuitivo, acessível e fácil de extrair todos os benefícios disponibilizados. Equipe qualificada, experiente e com dedicação integral no relacionamento com as emissoras e os anunciantes. 

No plano qualitativo, é a mais consistente das ferramentas para ampliar a base de ouvintes dos anúncios e impactar positivamente na geração de leads. Em outras palavras, com o mesmo investimento aumenta o volume de vendas pela presença de mais clientes alcançados com os anúncios.

O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado

Diante disso, cresce o valor da entrega da Audiency, agrega-se valor nas campanhas e os resultados são absolutamente incontestáveis. Como dizia a célebre frase de William Edwards Deming (notável estatístico, consultor, conferencista e professor norte-americano): “O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado”.

Essa verdade de Deming se aplica à qualquer situação, mas tem ainda mais relevância neste contexto do monitoramento das campanhas publicitárias veiculadas nas emissoras de rádios, onde os investimentos nestas campanhas precisam e devem ser gerenciados e controlados com a segurança e certeza que uma plataforma como a Audiency oferece.

Então é isso, é preciso investir, mas tão importante quanto isso é controlar. Todos ganham com o incremento dessa logística. O anunciante, as emissoras de rádio e o público que é alcançado com os benefícios dos conteúdos publicitários veiculados (ofertas, promoções, novidades e garantia de confiabilidade).

A Audiency faz exatamente isso. Vamos conversar para que você possa compreender como melhorar a performance dos seus anúncios no rádio? Clique aqui!

Anacleto Angelo Ortigara

Co-founder Audiency

O valor do rádio nas campanhas publicitárias

O valor do rádio para as campanhas publicitárias

O rádio está em transformação!

O valor do rádio está, de forma gradativa, deixando de ser subestimado para as campanhas publicitárias.

Notadamente, os pesquisadores que avaliam a relevância dos diversos veículos de comunicação já apontavam que, nos últimos anos, em especial a partir da pandemia, o rádio ganhou ainda mais importância e musculatura.

Aumentou o número de ouvintes, passou a ser foco de maior investimento publicitário, com retorno cada vez maior para os anunciantes e consolidou a posição de penetração em todas as camadas sociais, desde os grandes centros urbanos até as regiões mais remotas, afastadas e, muitas vezes, ainda sem acesso aos benefícios de outros canais.

Que coisa incrível, embora não seja propriamente uma novidade para quem se relaciona diretamente com os benefícios que o rádio produz para a sociedade.

A Audiency já descobriu isso a muito tempo. Desde a criação da empresa, já fazíamos um grande movimento com a afirmação de que: O rádio faz a diferença! E como faz.

O rádio está em alta!

Uma das discussões, em termos de marketing, mais evidenciadas no segundo turno das eleições presidenciais deste ano de 2022 foram as ditas veiculações das inserções diárias de cada candidato nas emissoras de rádio.

Vieram à tona questionamentos muito interessantes e, sobre diversos aspectos, elevando sobremaneira o valor do rádio para se comunicar com o público.

Agora, com o advento do checking de mídia referido por um dos contratantes da empresa Audiency na campanha eleitoral, o valor do rádio evoluiu.

Não há precedentes de discussões sobre esse assunto em campanhas eleitorais anteriores, eis que, nunca se fez qualquer menção sobre o impacto dessa mídia e nem sobre qualquer procedimento de checagem das veiculações.

Agora, o rádio está no centro, no topo da importância para alcançar os objetivos de muitas campanhas publicitárias.

O checking de mídia mudou o rádio

O que faltava nesse contexto apareceu com mais destaque agora, ou seja, a necessidade mais efetiva do controle, da checagem ou então, a tão comentada auditoria (que pelo conceito, não deixa de ser apenas uma checagem).

Em primeiro plano, não se trata de uma fiscalização punitiva às emissoras, mas sim, um processo que inclui a estratégia da campanha, a distribuição e controle dos conteúdos (spots) às emissoras e por fim a checagem (no termo mais usual, checking).

No ambiente publicitário isso já é mais comum, pois dentro do projeto da campanha já se tem incluída a checagem. 

Nas campanhas eleitorais veio à tona no pleito presidencial de 2022.

Para a Audiency Brasil, que sempre valorizou o rádio, e agora foi contratada para monitorar uma campanha presidencial, isso revela um cenário ainda mais promissor.

Oportunidades para o rádio resgatar sua verdadeira importância como canal de mídia poderoso, bem como sua interface digital, com a transmissão por streaming, ampliando seu público ouvinte. Isso melhora tudo, pois o alcance da emissora vai muito além das transmissões locais e regionais. A internet não tem fronteiras. O rádio tornou-se uma plataforma de negócios

Com isso, o rádio, a exemplo das mídias digitais, também oferece ao anunciante a possibilidade permanente de checagem e controle.

Audiency, uma ponte entre os anunciantes e as emissoras de rádio

Apenas para registro, a Audiency já atendeu inúmeras chamadas feitas por emissoras no sentido de estabelecer parcerias para oferecer aos clientes anunciantes o sistema de checking publicitário. 

Ressalta-se que, na Audiency, tudo isso que envolve as emissoras e as campanhas publicitárias é chamado de logística. Preferimos substituir a palavra fiscalização, pois se trata justamente de realizar uma boa gestão de todas as etapas, com ganhos recíprocos. 

Contamos com uma estrutura tecnológica robusta, mas muito simples e intuitiva para operar, o que remete a muitas vantagens tanto para os contratantes anunciantes (publicitários, campanhas eleitorais e outros), como também para as próprias emissoras que já estão em parceria em larga escala.

A cobertura tem alcance em todo o território nacional, em tempo real, permitindo inclusive buscas retroativas, pois permanecemos com os dados guardados e disponíveis para gerar relatórios a qualquer tempo. 

Outra parceria da Audiency, já realizada com grande número de emissoras, é a possibilidade de resgate de áudio e dados para comprovação, mediante solicitação de censura.

Quando o rádio cresce, todos ganham. O público ganha novos formatos e os anunciantes, novas possibilidades de controlar, checar ou mesmo auditar. As emissoras ganham novas ferramentas para facilitar toda essa expansão, dando dados para poder tomar decisões cada vez mais assertivas.

Quem investe no rádio, precisa conhecer a Audiency. Quem não investe, está perdendo uma grande oportunidade. Converse com nossa equipe!

Banner monitore o seu spot

Por Anacleto Ortigara

CEO Audiency Brasil

Ouvinte torcedor, o companheiro do esporte e do rádio!

O ouvinte torcedor é um dos tipos mais comuns de consumidores de rádio! Você é um deles? Descubra agora mesmo!

A programação esportiva na história do rádio

No universo dos meios de comunicação, o rádio destaca-se por ser um dos meios mais confiáveis de informação. São mais de 100 anos de história que definiram o jeito brasileiro de comunicação.

Como você já deve ter percebido, os maiores comunicadores da história do país um dia já trabalharam no rádio! Apresentadores consagrados da televisão, como Silvio Santos e Fausto Silva, tiveram como marco em suas carreiras os seus programas de rádio.

O rádio é um dos veículo de comunicação mais importante na história do Brasil, e aproveitando a instantaneidade e o entretenimento que o rádio proporciona, não demorou muito para que as programações de esporte começassem a existir.

Logo após as primeiras transmissões de rádio do Brasil acontecerem nos anos 20, o jornalismo esportivo cresceu naturalmente nesse meio. Mas só foi em 1931 que o radialista Nicolau Tuma, desenvolveu a cobertura tim-tim por tim-tim, passe a passe. Com uma maneira dinâmica de transmitir não só a cobertura completa do jogo, Nicolau passava também os sentimentos dos torcedores e a emoção dos jogos de Futebol.

Confira agora uma entrevista concedida a Rádio Jovem Pan para Milton Neves no dia 10/11/1991 sobre o estilo de narração de Nicolau Tuma.

Foi ali que nasceu esse tipo de ouvinte, os ouvintes torcedores!

O Ouvinte Torcedor

Se a sua rádio possui a programação de algum esporte, você vai atrair esse tipo de ouvinte! O ouvinte torcedor nasce justamente da paixão pelo esporte.

Ademais, os torcedores que ouvem pelo rádio os esportes são beneficiados pela instantaneidade que só o rádio proporciona. Apesar de a televisão, e atualmente, os meios streaming serem bastante populares para acompanhar os jogos, uma pesquisa do Kantar Ibope indica que das 13 regiões metropolitanas estudadas, 40% dos fãs de futebol acompanham os jogos pelo rádio.

Contudo, os ouvinte torcedores são um tipo específico de ouvinte de rádio, mas qual tipo de ouvinte você é? Elaboramos um material que você pode conferir os 25 tipos de ouvintes. Diz aí, com qual você se identifica mais?

Além disso, como você está acompanhando os jogos da copa do mundo? Dica: Quem acompanha pelo rádio sabe mais rápido 🤭

————————————————————————————————————————

Existe uma solução completa para as emissoras de rádio

Você, emissora de rádio que se comunica com esse tipo de ouvinte, nós temos uma plataforma completa de logística para você.

Chega de perder os spots dos seus clientes, homologando-se na nossa plataforma você gerencia a sua equipe operacional.

Além disso, há uma grande chance de aumentar a venda dos espaços comerciais tendo a sua equipe comercial na nossa plataforma para receber notificações de contratos.

Já ajudamos mais 600 emissoras por todo país através da nossa plataforma.

Nós entendemos como o rádio faz a diferença, e queremos fazer a diferença na sua emissora.

Homologue a sua emissora

Também visite as nossas redes sociais e saiba de tudo o que acontece no mundo das rádios.

Instagram | Facebook | Linkedin | Youtube | Twitter

Jogadinha

La Fúria apresenta parceria inédita!

Lançamento oficial “Jogadinha” La Fúria e Xanddy Harmonia

La Fúria aposta em parceria de sucesso!

A Banda La Fúria lança mais um sucesso! o seu mais novo single em todas as rádios do Brasil com um convidado super especial! A faixa “Jogadinha” conta com a participação de Xanddy Harmonia, um dos maiores artistas da música baiana.

A produção marca um encontro simbólico entre os dois artistas, que mesmo sendo de gerações distintas, têm a admiração do público baiano que curte o pagodão.

O single “Jogadinha” tem a composição de Luciano Chaves e Magno Santana e integra o projeto audiovisual La Fúria Sem Limites, gravado na região metropolitana de Salvador (BA) no mês de setembro, numa estrutura moderna preparada especialmente para a ocasião, garantindo um resultado de alta qualidade.

A direção do projeto foi de Raffa Souza, a captação de imagens de Neinho Silva e Bruno Leal assinou a cenografia e iluminação do audiovisual. O ballet teve a coordenação do competente coreógrafo Lu Souza e o figurino foi assinado por Felippe Cesc. A direção executiva é da Penta Entretenimento e Sacra Producões, empresas responsáveis pelo gerenciamento de carreira da La Fúria.

Letra Jogadinha

Vai ter pagodão na lancha
Fim de semana
Tô amarradão
A turma já tá no foco
Fazendo storys que resenha

O Cavaco já tá na sacola
O pandeiro escutando a conversa
Nossa ideia é essa
Ser feliz e mais nada
A ideia é essa não esquentar

Com nada
No balanço da onda a gente perde a linha
Jogadinha jogadinha
Jogadinha jogadinha
No balancinho a gente faz o famoso passinho

Jogadinha jogadinha
Jogadinha jogadinha
No balancinho a gente faz o famoso passinho
Tá batendo aqui tá batendo lá
O paredão tá tremendo então deixa pegar
No balanço da onda a gente perde a linda

Com músicas ‘estouradas’ nas rádios do Brasil e na internet, o swing do La Furia está ficando cada dia mais forte.

Peça agora mesmo o Hit “Jogadinha” na sua rádio favorita

Também visite as nossas redes sociais e saiba de tudo o que acontece no mundo das rádios.

Instagram | Facebook | Linkedin | Youtube | Twitter

E acompanhe também as mais tocadas do Sertanejo com o Audiency Charts, a maior plataforma de dados de rádios da América Latina!

Influenciadora

Tem Hit Novo do Parango!!!

Parangolé lança “Influenciadora”

Parangolé aposta em Hit novo para o verão

A Banda Parangolé já tem a sua aposta para o verão! Conhecido por investir em músicas dançantes que enaltecem a figura feminina, o grupo liderado por Tony Salles lança no mês de novembro o single “Influenciadora”, com letra divertida e contemporânea e o suingue inconfundível do Parango. A composição é de Magno Sant’Anna, Escandurras e Thales Medina.

E para dar vida a canção, a Banda convidou quatro influenciadoras baianas para protagonizar o filme, Sthe Matos, Rafa Moreira, Sheuba e Belle Daltro.

O resultado ficou incrível! As meninas são maravilhosas e representam com eficiência o mundo digital, vale a pena conferir!!

E para quem ama o rádio, o recado do dia é: Você já pode pedir muito, a nova música do Parango na sua rádio favorita!! “Influenciadora” já está disponível em todas as rádios do Brasil!

Sobre o Parangolé

Com mais de duas décadas de musicalidade e mistura de ritmos, a banda Parangolé surgiu no bairro da Federação em Salvador, Bahia, no ano de 97, onde todas as tardes os integrantes se reuniam para jogar baralho e, sempre ao fim das partidas, faziam um pagode misturando os ritmos mais dançantes que existiam na nossa música.

Contagiando todos que passavam pelo local, não demorou para que as pessoas passassem a perguntar: “Que Parangolé é aquele que está rolando ali?”. Pra quem não sabe, a expressão ‘parangolé’ é uma gíria baiana que se refere a alguma movimentação ou aglomeração de pessoas com musicalidade. Nascia, então, a banda Parangolé, num encontro despretensioso de amigos em uma boa roda de música, que de lá pra só cresce e conquista mais fãs e admiradores por onde passa.

Com músicas ‘estouradas’ nas rádios do Brasil e na internet, o swing do Parango está ficando cada dia mais forte. (fonte quero abada)

Também visite as nossas redes sociais e saiba de tudo o que acontece no mundo das rádios.

Instagram | Facebook | Linkedin | Youtube | Twitter

E acompanhe também as mais tocadas do Sertanejo com o Audiency Charts, a maior plataforma de dados de rádios da América Latina!

sera que a voz do Brasil passa no streaming?

Será que a Voz do Brasil passa no streaming?

Será que a Voz do Brasil passa no streaming? A Audiency Brasil realizou o monitoramento da campanha eleitoral de 2022 nas rádios do Brasil e, os relatórios apresentados deixaram muitas pessoas em dúvida sobre o método de monitoramento das rádios por meio do streaming. Será que a programação exibida na antena é a mesma do streaming?

Para esclarecer um pouco mais sobre o uso desse método e sua eficácia, resolvemos montar este material. Como uma empresa que trabalha fundamentada em dados, essa é a melhor forma de comprovarmos qualquer informação. Como já diz a expressão: “Contra fatos não há argumentos”.

Alguns estudos sobre o consumo de rádio no streaming

Primeiramente, como demonstra o estudo Inside Radio, da KANTAR IBOPE, o consumo de rádio da população de 13 regiões metropolitanas estudadas, aumentou em 3 pontos percentuais totalizando 83% em comparação com o ano passado. Tendo como base esse consumo, aproximadamente 7.4 milhões dessas pessoas ouviram rádio através da web.

Ademais, 29% dos ouvintes consideram que a possibilidade de escutar a rádio de maneira online, mudou a forma como consomem o meio.

O estudo também aponta, que houve um crescimento de 85% em comparação com 2019 sobre o consumo do rádio através da internet.

Esses estudos demonstram como o rádio vem aumentando a sua popularidade enquanto os ouvintes estão aderindo cada vez mais ao consumo de rádio através do Streaming (web).

Portanto, para poupar gastos, esforços e seguir a nova tendência de consumo, a maioria das emissoras no Brasil, transmitem por streaming a mesma programação daquela veiculada pelo rádio convencional (no rádio de pilhas, no carro ou outro).

Perguntamos para as rádios do porquê a programação ser a mesma…

“É um problema pessoal, de pessoas, e outro é um problema de quebra de horário. Como o locutor trabalha em um determinado horário, aquela ‘Voz do Brasil’, que é das 7 às 8, geralmente acaba os turnos. Não fica ninguém ali. O último das 7 horas, ele abre o canal da onde vai se pegar “A Voz do Brasil”, coloca e vai embora. Depois desse momento chega o locutor que entra as 8 horas da noite”

“E falando nesse turno… é uma hora que você vai pagar extra ou uma hora que não justifica, então toca a mesma programação. Claro que algumas rádios, que tem uma infra estrutura maior, ela tem um pessoal que continua fazendo para o aplicativo, para o streaming… mas a maioria não…” – responde Johann da rádio Amizade, de Igrejinha – Rio Grande do Sul.

Perguntamos também para a rádio Studio FM 99.1 de Jaraguá do Sul. Eles respondem:

“Sobre a transmissão da Voz do Brasil, transmitimos a mesma programação no rádio quanto na web, por uma questão de padrão de programação e otimização de procedimentos. Além disso, reconhecemos a efetividade da ‘Voz do Brasil’ como um hábito, inserido, há muito, na cultura brasileira e radiofônica.”

Mesmo com todo investimento feito pelas emissoras para estar cada vez mais presente no digital, ainda há desencontros e entendimentos diferentes sobre a transmissão via antena e streaming. Podemos usar como exemplo, o fato de que, durante a programação da CNN, a jornalista Raquel Landim afirmou categoricamente que não há veiculações do programa “Voz do Brasil” pelo streaming das rádios.

Será que a Voz do Brasil passa no streaming?

Em contraponto às falas da jornalista, logo após àquele horário da CNN, a Audiency fez o monitoramento da veiculação da “Voz Do Brasil” pelo streaming.

Eis que, somente no horário das 19h00 daquele mesmo dia, quase 3.000 emissoras veicularam o programa obrigatório “A VOZ DO BRASIL” via streaming (web).

Nesse cenário, observa-se que, é absolutamente predominante o fato das emissoras de rádios transmitirem a mesma programação tanto pela web como pelo sinal da antena.

No vídeo, a Audiency exibe o mapa do Brasil, identificando pelos pontos verdes as emissoras transmitindo em tempo real o programa. Nos pontos laranjas, mostra-se as emissoras que veicularam no mesmo dia. Como podemos ver, o programa foi exibido em todo o país por meio do streaming.

Portanto, reitera-se o valor do rádio com sua significativa ampliação de cobertura quando usa também a internet para ser ouvida sem fronteiras.

Muitos anunciantes publicitários ampliaram seus investimentos no rádio, justamente pela interface da web que, possibilita, além de ser ouvida, também fazer o checking.

O rádio mudou, e mudou para melhor.

A Audiency soluciona vários problemas, e um deles é a distribuição de spots para emissoras de rádio

Descubra como resolver o problema da distribuição de spots para emissoras de rádio

Enquanto jingles oferecem seus produtos cantando, os spots são mais diretos e fazem seus anúncios falados. E se desenvolver um produto não é fácil, criar um spot atraente para vender este produto ta pouco. Demanda tempo, investimento e alguns tantos profissionais afiados e afinados para gerar algo que tenha a dose certa de criatividade e o conceito. Com tudo pronto, com o spot redondinho na mão, como distribuir? Como garantir que seu spot vai ser veiculado devidamente? A Audiency conta para você!

Logística de distribuição de campanhas no rádio

Que criar uma campanha atraente para o rádio não é tarefa fácil todo mundo já sabe, mas a criatividade é apenas uma das etapas que envolvem uma campanha publicitária radiofônica.

Normalmente o maior problema para quem anuncia no meio é a logística de distribuição dos spots e o acompanhamento da real execução conforme o contratado no PI – Pedido de Inserção.

Esse problema fica ainda mais evidente quando falamos de anunciantes como supermercados e varejistas com publicidade que muda frequentemente. Quer um exemplo: Na segunda a oferta é de área da padaria, na terça do hortifrúti, na quarta do açougue, e assim para cada dia da semana uma oferta.

Agora imagine só você com toda uma campanha no ar, em mais de 10 emissoras, com horário indeterminado de veiculação. Como você faz para mudar diariamente esses spots e saber se tudo foi recebido corretamente pela OPEC, baixado e executado? Quanto tempo você perde nesta verificação?

Monitoramento de publicidade pode evitar prejuízos

E se distribuir demanda tempo, monitorar é praticamente impossível para varejistas de atuação estadual e nacional. Para o anunciante local não é impossível, mas vamos combinar que vai tirar o foco do negócio principal se a demanda envolver mais de uma emissora.

Neste ponto vamos trazer outro exemplo que aconteceu recentemente com um dos clientes varejistas atendidos pela Audiency. Uma grande loja de departamentos anunciou uma lavadora de roupas por um preço R$1000,00 a menos para apenas um dia. O problema é que uma emissora esqueceu de retirar a campanha do ar e um cliente poderia ouvir e ir até a loja em busca do seu desconto. Pelo código de defesa do consumidor, ele tem direito ao desconto.

Com o monitoramento ativo, a situações como essa podem ser evitadas, pois no exato momento em que qualquer publicidade relacionada a marca é identificada, já é imediatamente apresentada em um completo dashboard para o anunciante.

Outro fato é que as emissoras homologadas, também tem acesso a este recurso, podendo agir imediatamente em caso de constatar falhas ou irregularidades na execução publicitária radiofônica.

Audiency, distribuição de spots sem falhas

Agora que você já conhece os benefícios de ter um completo sistema de gestão da publicidade no rádio, que tal conhecer um pouco mais sobre a Audiency.

Com sede em Santa Catarina, a Audiency é uma startup especializada em lidar com dados das emissoras de rádio. Ao reunir e acompanhar inúmeras emissoras por todo o país, a Audiency oferece serviços sob medida para suas necessidades.

Para o caso dos spots, por exemplo, a Audiency tem um dashboard de monitoramento que permite a você, cliente anunciante, acompanhar em tempo real como e quando eles estão sendo veiculados e gerar relatórios facilmente que podem servir de apoio para tomadas de decisão. Além disso, você conta também com um completo sistema de distribuição da publicidade. 

Pronto para revolucionar a distribuição dos seus spots e ainda evitar problemas? Contate a Audiency pelo email contato@audiency.io ou fale agora com um de nossos consultores, (48) 99117-5887. Submeta um spot da sua campanha sem compromisso e tenha uma visão global de como está a real veiculação.

Checking de mídia o que é e quando usar - audiency

Checking de mídia no momento que você precisa

Saiba como e porque acompanhar sua campanha  publicitária e o retorno de seu investimento

O investimento em campanhas publicitárias pode ser extremamente bem sucedido e trazer um retorno muito bom em termos de negócios, porém, como todos os investimentos, precisa ser acompanhado de perto.

No ramo publicitário, é também de vital importância o acompanhamento cuidadoso do investimento feito na campanha. Ou seja, saber se os anúncios foram divulgados nos canais ou veículos contratados, nos horários  e programas escolhidos.

Quando o veículo escolhido é o rádio, que é o canal de preferencia de cerca de 80% da população, as chances de sucesso são grandes, mas isso não elimina a necessidade de acompanhamento da execução e do retorno.

A esse processo de acompanhamento chamamos de checking de mídia, e é ele que nos assegura o controle das veiculações da campanha, verificando o número de publicações nas diversas mídias, o tempo e horário de exposição em rádio e TV.

Para que se realize esse acompanhamento é fundamental termos dados que balizem as análises, e esses dados, quando devidamente tratados, abastecem um completo banco de dados com informações estratégicas importantíssimas, que permitem ao cliente e sua agência avaliar a qualidade e eficácia de sua campanha publicitária, e o retorno do investimento realizado.

Checking de Mídia: novas formas de monitorar uma campanha

Com o avanço das ferramentas tecnológicas, hoje é possível ter ajuda para realizar essa tarefa. Justamente pensando em resolver uma eterna “dor de cabeça” dos anunciantes na hora de comprovar a execução das veiculações publicitárias que surgiu a Audiency.

Uma startup catarinense com uma completa plataforma que não só acompanha toda a execução de uma campanha, como distribui spots, realiza o contato para verificação da correta execução e muito mais. O melhor de tudo, o cliente acompanha tudo por meio de login e senha, no pc, tablete ou smartphone.

Praticidade e simplicidade

De maneira simples e intuitiva, rapidamente o assinante pode ver e acompanhar o desempenho de seus anúncios em relatórios simplificados por emissoras, horários e programações, além de acompanhar a distribuição dos spots, e fazer o acompanhamento de todas as veiculações, tudo em tempo real, com a geração instantânea de relatórios gerenciais ou checking de mídia ao final de uma campanha.

Todo o acompanhamento é realizado para os clientes de duas formas: Geral, onde todas as veiculações do material (dos spot’s) são acompanhadas e administradas pelo cliente e, a outra forma é onde o Pedido de Inserção (PI) cadastrado no sistema é acompanhado pela equipe Audiency para contato e ressarcimento.

Soluções Audiency para emissoras e anunciantes

O dashboard de monitoramento permite que a supervisão da publicidade aconteça de forma proativa, além de favorecer a identificação dos problemas no exato momento em que acontecem, facilitando a comunicação das emissoras com os anunciantes. Confira o case da rede de supermercados e inspire-se.

Para as emissoras cadastradas facilidade em receber spots, disponibilizar relatórios, realizar ajustes e comprovar a eficácia do alcance. Já para agência, a solução completa para uma visão geral da campanha, e a segurança de uma prestação de contas para o cliente com checking de uma plataforma especializada na gestão de dados das emissoras de rádio.

Por trabalhar em tempo real, a plataforma coleta, processa e armazena dados que possibilitam uma análise de tudo que é veiculado em milhares de rádios do Brasil e de mais 18 países.

Precisando otimizar o trabalho, gerar mais resultados e ter o controle da publicidade radiofônica na palma da sua mão? Sim, você também pode se beneficiar dessa ferramenta essencial para anunciantes.

Serviço:

Audiency

Site

Fone: 48 98857-5559

           48 99117-5887

Facebook

E-mail: contato @audiency.io

Rádio multiplataforma o que é, por audiency

Rádio multiplataforma: vencendo o limite das ondas

Com todos os avanços observados nos meios de comunicação nas últimas décadas, uma verdade continua forme e sólida: o rádio é o meio de comunicação mais ouvido pela população brasileira.

Essa é a conclusão de uma pesquisa realizada em 2019 pela Kantar IBOPE Media, a qual computou que  83% dos brasileiros (ou seja, 3 em cada 5 ouvintes) escutam rádio todos os dias, sendo que o consumo médio gira em torno de 4h33 horas por dia.

Um dos fatos interessantes ocorridos nessa evolução foi o grande avanço de tecnologias na área digital, que permitiu levar também para esse espaço o serviço de radiodifusão.

Dessa forma, incluir sua emissora também nas plataformas digitais passou a ser mais que uma estratégia de marketing, um fator de sobrevivência. Esse mesmo estudo da Kantar também levantou que, dos ouvintes que usam outros dispositivos além do rádio tradicional,  66% ouvem rádio pelo celular, seguido pelo computador, com 37% .

Então, a forma de garantir sua fatia nesse bolo tão concorrido é transformar sua emissora em uma rádio multiplataforma e assim, conseguir entregar o seu conteúdo em diversos formatos e plataformas.

É assim que a seus ouvintes conseguirão acessar a informação da maneira mais adequada para eles, no momento em que quiserem e no formato que preferirem. Assim, é muito importante disponibilizar sua programação em diversos formatos e em diferentes telas e canais.  O uso dessas novas tecnologias e ferramentas oferecerão uma experiência muito mais rica e interessante para seu público.

Tempos modernos exigem ações vanguardistas

Para que sua emissora ocupe maior espaço nesse amplo terreno digital, é importante observar certas ações essenciais:

  • Site moderno e atualizado – isso permitirá que você permita que seu ouvinte acompanhe sua programação online
  • Esteja sempre visível no universo online – use e abuse das redes sociais, onde você pode fazer lives e transmissões ao vivo. Mas lembre-se: é importante manter essas redes sempre atualizadas e dar feedback aos comentários dos ouvintes
  • Permita ao seu ouvinte interagir com a programação da rádio pelo celular: estar próximo do seu ouvinte, ainda que pelo caminho virtual, é fundamental. Disponibilize um canal de WhatsApp onde ele poderá fazer solicitações de músicas, enviar mensagens a amigos e familiares, dar dicas e sugestões, etc.
  • Podcast é o caminho – se sua programação contempla entrevistas, humor, programas de inspiração ou qualquer outro tema recorrente, use o serviço de “áudio por demanda” ou podcast. Você não vai errar.

Lembre-se: as novas tecnologias são cada vez mais úteis e permitirão que sua programação chegue onde as ondas convencionais não alcançam. Então, modernize-se e amplie seu público fiel.

Serviço:

Audiency

Site

Fone: 48 98857-5559

           48 99117-5887

Facebook

E-mail: contato @audiency.io